Instituições e Religiosidade | Institutions and Religiosity

Gravura a cobre intitulada "Die Inquisition in Portugall" por Jean David Zunner retirada da obra "Description de L'Univers, Contenant les Differents Systemes de Monde, Les Cartes Generales & Particulieres de la Geographie Ancienne & Moderne." por Alain Manesson Mallet, Frankfurt, 1685, da colecção privada do Dr. Nuno Carvalho de Sousa.

Gravura a cobre intitulada “Die Inquisition in Portugall” por Jean David Zunner retirada da obra “Description de L’Univers, Contenant les Differents Systemes de Monde, Les Cartes Generales & Particulieres de la Geographie Ancienne & Moderne.” por Alain Manesson Mallet, Frankfurt, 1685, da colecção privada do Dr. Nuno Carvalho de Sousa.

CERQUEIRA, André Sekkel. “Uma reflexão sobre o surgimento do Candomblé”. Revista Histórica. Artigo publicado na edição nº 21 de abril/maio de 2007.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Poder Eclesiástico e Inquisição no Século XVIII Luso-brasileiro: agentes, carreiras e mecanismos de promoção social. Tese de doutorado.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Sociedade e Inquisição em Minas Colonial: os familiares do Santo Ofício (1711-1808). Dissertação de mestrado.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Limpos de Sangue: Familiares do Santo Ofício, Inquisição e Sociedade em Minas Colonial. São Paulo: Alameda, 2011, 265p.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Honra e estatutos de limpeza de sangue no Brasil colonial. Webmosaica, Revista semestral de estudos judaicos do Instituto Cultural Judaico Marc Chagall, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, vol. 4, n.o 1, 2012, pp. 75-85. ISSN 2175-6163.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Inquisição e Sociedade: a formação da rede de familiares do Santo Ofício em Minas Gerais colonial. Varia História (UFMG), v.26, p.197 – 216, 2010.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Poder e autoridade inquisitorial: a atuação dos familiares do santo ofício nas minas setecentistas. Revista de História (USP) , v.162, p.51 – 72, 2010.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Formação e atuação da rede de comissários do Santo Ofício em Minas colonial. Revista Brasileira de História, v.29, p.145 – 164, 2009.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Homens de negócio: vocabulário social, distinção e atividades mercantis nas Minas setecentistas. História (UNESP-Franca). , v.28, p.191 – 214, 2009.

RODRIGUES, Aldair Carlos. Os Familiares do Santo Ofício e a Inquisição portuguesa em Mariana no século XVIII: o caso dos privilegiados do número. Revista de Estudos Judaicos (Belo Horizonte), v.6, p.114 – 122, 2006.

VEIGA, Marcos Antonio Lopes. Sob a capa negra: necromancia e feitiçaria, curandeirismo e práticas mágicas de homens em Aragão (séculos XVI e XVII). Tese de Doutorado, 2012.

VEIGA, Marcos Antonio Lopes. A missão de Francisco. O que a escolha do jesuíta como papa significa para o papel e a influência da Igreja Católica no século XXI. Carta na Escola. Carta Capital. Publicado na edição 75, de abril de 2013.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s